Artigos

nunca é tarde

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no print

Por Carolina Mejolaro, Psicóloga – CRP 07/15377

Pensar no futuro, na projeção de nós em um amanhã, pode estar cercado de sentimentos ambivalentes. O nosso passado faz parte de aspectos importantes das nossas experiências, vivências, situações sonhadas, sejam elas realizadas ou não.

O que somos hoje é fruto da nossa criança, adolescente e adulto e de todas as vivências ao longo da nossa vida. Algumas pessoas ficam apegadas num passado que não volta mais, vivem com ressentimentos das coisas passadas e muitas vezes não conseguem projetar o seu futuro, pela falta de perspectiva. Esta dificuldade de se desligar do passado pode demarcar uma sombra no olhar de nós para um possível, “ser melhor” no amanhã. O passado se funde ao futuro no aqui e agora em nossas vidas.

Muitas pessoas acham que é tarde demais, para seguir suas vidas, com projetos, sonhos, desejos nunca realizados. Este ressentimento é uma amargura inconsolável por qualquer beneficio que a vida possa oferecer. O rancor, magoa, impregna o prazer, alegria e principalmente a valorização da vida

Nunca é tarde para recomeçar em todos os aspectos da nossa vida, sempre existe uma possibilidade de se refazer, refazer nossas vivências, buscando ser mais feliz. A psicoterapia poderá auxiliar neste caminho, de se desprender do passado, entendendo aspectos importantes da sua vida. Nunca é tarde para ser feliz, olhar o presente e projetar o futuro com mais qualidade nas relações.