Artigos

O que é a anorexia nervosa?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no print

Por Patrícia Mirico Aronis, Psicóloga – CRP 07/10505

A imposição de um padrão estético magro,  esses estereótipos sociais, que são divulgados nos meios de comunicação, revistas de moda e círculos sociais, despertam nas pessoas a sensação de que só serão felizes se forem magras e como se esse fosse sinônimo único de beleza e felicidade. Isso, juntamente com fatores biológicos, psicológicos e ambientais, podem desencadear uma doença chamada anorexia nervosa.

É um distúrbio alimentar e da imagem corporal, onde há uma insatisfação exagerada com o peso, que causa emagrecimento acima do que é considerado saudável e a pessoa acha que está sempre “gorda”, mesmo estando extremamente magra, muitas vezes com os ossos aparecendo. Esse medo muito grande de engordar pode gerar um quadro de ansiedade e a pessoa acaba abusando de dietas extremamente restritivas, exercícios exagerados, fazendo uso de laxantes e diuréticos para emagrecer rapidamente.

A anorexia é um distúrbio muito comum entre adolescentes, principalmente por conta da pressão social que acontece nessa fase e das mudanças que ocorrem no corpo e no psicológico. Muitos adolescentes têm problema de autoestima, dificuldades de serem aceitos pelo grupo ou em lidar com a sexualidade genital. Apesar da doença atingir mais as mulheres, hoje em dia, vem aumentando a ocorrência nos homens. Momentos difíceis como separação, perda de emprego, de um parente, mudanças bruscas de vida, podem ser fatores desencadeantes do quadro anorético.

Os sintomas da anorexia podem ser pouco perceptíveis, pois a anoréxica finge estar se alimentando e geralmente usa roupas largas. Seus principais sintomas são o medo muito grande de engordar, ter uma imagem corporal muito distorcida da realidade, ser exageradamente preocupada com o peso e não menstruar por três ou mais ciclos. A pessoa com anorexia pode limitar a quantidade de comida e ainda provocar vômitos e qualquer ganho de peso gera muita angustia. Esse transtorno costuma estar ligadoàa depressão e pode levar a morte. A anoréxica se recusa a comer, mas não por falta de apetite.

A maioria das pessoas com anorexia nega que tenha a doença, mas felizmente ela tem tratamento. Com uma equipe multidisciplinar adequada, a anorexia pode ser superada e o apoio da família é muito importante no sucesso do tratamento. A psicoterapia vai ajudar a anoréxica a lidar com as emoções, dificuldades de relacionamento, pensamentos obsessivos e a melhorar a autoestima e imagem corporal.